Pesquisar
Close this search box.

Calor será recorde no Sul?

São esperadas marcas extremas de temperatura em grande parte do Conesul

“Uma brutal onda de calor de temperatura extremamente elevada e por período prolongado atingirá o Centro da América do Sul nesta segunda semana de janeiro e na metade do mês”. A previsão é da meteorologista Estael Sias, colunista da MetSul.

De acordo com ela, são esperadas marcas extremas de temperatura em grande parte da Argentina, no Uruguai, e no Sul do Brasil e Paraguai: “Recordes de máximas de décadas devem cair nos territórios uruguaio e argentino que devem sofrer o pior da onda de calor, mas marcas históricas também podem ser alcançadas no Rio Grande do Sul”.

Estael Sias aponta que todos os modelos numéricos de previsão do tempo convergem em indicar um evento de calor com força incomum. Ela detalha que os valores de temperatura serão muitíssimo acima da climatologia normal do mês de janeiro com máximas que podem alcançar valores de 10º C a 15º C acima das médias históricas desta época do ano.

A meteorologista ressalta que essa será a segunda onda de calor generalizada na parte central da América do Sul desde o começo do verão. Segundo ela, agora será mais forte que a da virada do ano, na qual que chegou a ter máxima de 46,6º C em Rivadavia, na Argentina.

“O que os modelos discrepam é sobre a magnitude da onda de calor. Projeções do modelo GFS da NOAA (Estados Unidos), que é base para prognósticos automáticos de muitos aplicativos e sites, com máximas de 45º C a 50º C numa extensa área que compreende o Rio Grande do Sul, Argentina e Uruguai, não encontram sustentação em outros modelos e parecem claramente superdimensionar a intensidade do calor”, aponta. “O Rio Grande do Sul vai sentir com muita força o episódio, especialmente em cidades do Oeste e do Sul do estado que estarão mais próximas do centro da bolha de calor que vai se instalar sobre a parte central da América do Sul. Um episódio de calor muito intenso a extremo vai se instalar no decorrer desta semana no Rio Grande do Sul com temperatura muito alta a excepcionalmente elevada em algumas regiões do estado. Máximas acima de 35º C devem ser generalizadas no final da semana no estado gaúcho e muitas cidades terão máximas perto ou acima de 40º C”, conclui a colunista da MetSul.

 

Fonte: Agrolink

AMVAC DO BRASIL

AMVAC DO BRASIL

As soluções da AMVAC do Brasil proporcionam maior produtividade às culturas, contribuindo para uma agricultura melhor e mais sustentável, garantindo a longevidade do mundo.

COMPARTILHE!
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Print
Email