Pesquisar
Close this search box.

MT: 70% do algodão ficou dentro da janela de plantio

Produção ficou estimada em 4,8 milhões de toneladas de algodão em caroço e 1,9 milhão de pluma

Com o adiantamento do ciclo da soja nesta temporada e do ritmo mais acelerado na semeadura do algodão registrado nas últimas semanas, mais de 70% das áreas ficaram dentro da janela ideal de cultivo – até o fim de janeiro, de acordo com o boletim semanal do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Além disso, os modelos climáticos de longo prazo do NOAA apontam volumes acima da média para os próximos meses, principalmente no mês de abril, o que pode colaborar para a reposição do armazenamento de água no solo e contribuir para o desenvolvimento final das lavouras no estado.

Diante do atual cenário, o Imea revisou a produtividade para 290,90@/ha de algodão em caroço, avanço de 0,99% em relação ao relatório passado. Por fim, com o ajuste feito nos rendimentos e a manutenção da área, a produção da safra 21/22 ficou estimada em 4,81 milhões de toneladas de algodão em caroço e 1,99 milhão de toneladas de pluma.

Em relação a safra passada, com o fim do beneficiamento da safra 20/21 em Mato Grosso, foi possível mensurar os rendimentos da pluma e caroço. Assim, a produtividade da pluma foi consolidada neste levantamento em 115,73 @/ha na média do estado, recuo de 9,05% em relação à safra 19/20. Desse modo, com a área (962 mil hectares) e produtividade (277,67 @/ha) mantida nesse relatório e a concretização dos rendimentos de pluma e caroço, a produção total da safra 20/21 de algodão ficou consolidada em 1,67 milhão de toneladas de pluma e 2,08 milhões de toneladas de caroço.

 

Fonte: Agrolink

AMVAC DO BRASIL

AMVAC DO BRASIL

As soluções da AMVAC do Brasil proporcionam maior produtividade às culturas, contribuindo para uma agricultura melhor e mais sustentável, garantindo a longevidade do mundo.

COMPARTILHE!
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Print
Email